14 outubro 2017

Notícia fantástica + filmes sobre histórias reais para se impressionar e perceber que a vida pode ser maravilhosa

Olá!

É impressionante como o tempo passa rápido e como as coisas realmente acontecem. Bem, há alguns meses atrás eu vim aqui dizer que estava atarefada com a faculdade e o TC, todavia venho agora para dizer que já sou advogada isso mesmo.


NUNCA MAIS!


Fui aprovada no Exame XXII da OAB no mês de junho deste ano (JUNHO) e só agora estou dando esta notícia aqui. Recebi esta aprovação primeiramente graças a Deus, porque Ele me ensinou a ser calma e isto foi essencial para a colheita desse resultado; graças aos meus pais, Valdomiro e Irani, que nunca me pressionaram a nada e me ensinaram a ser independente, sempre me dando muito amor; aos meus irmãos, Tamara e Tiago, que cada um à sua maneira me trouxe paz; e, não posso ser inútil e não mencionar, algumas pessoas que me ajudaram com livros e orientações.

Enfim, a aprovação na OAB foi uma vitória que ainda não digeri. hahahaha Agora me resta o final do semestre para concluir o curso com muita fé em Deus.

Além disso, superada esta grande notícia, vou aproveitar a oportunidade pra mostrar para vocês filmes baseados em histórias reais que são perfeitas para superação e para fortalecer a esperança!

1. Lion


Certamente eu nunca me recuperarei deste filme e desta história real fantástica relacionada a esse homem. Eu sinceramente não vou dar nenhum spoiler do filme, porque será muito mais interessante permitir que cada um desenvolva uma emoção diferente por este filme. É uma história de luta, de dor, de agonia, desesperadora... mas com um final graças a Deus extremamente surpreendente. Sério, assistam a este filme hoje. Por fim, tem no elenco o ator Dev Patel, aquele de Quem Quer Ser Um Milionário, que está lin-do! Mas sério, TUDO neste filme é EXTRAORDINÁRIO.

2. Um Sonho Possível


Outra grande vida retratada em arte. Esta história é emocionante e, assim como no filme acima citado, também te provocará longos minutos de reflexão e, claro, choro. Te permitirá sentir uma paz gloriosa ao final. É como se a fé na vida se renovasse.

3. Histórias Cruzadas



Mais um filme surpreendente e com uma mensagem forte que se baseia na vida das empregadas domésticas negras dos Estados Unidos durante a luta por seus direitos civis. Durante o filme vocês verão fatos racistas inacreditáveis e certamente pensarão: como é possível existirem pessoas assim? Todavia, #ElencoDePeso!

Bom, não indicarei mais filmes. Vou deixar para a próxima postagem. Espero que satisfaçam-se nestas obras de arte. 

A vida é boa!


13 junho 2017

Algumas séries que marcaram a minha infância


Olá! Eu sempre dou um jeito de desaparecer entre uma postagem e outra. É que ainda não sei lidar com essa ideia de ter que ser adulta pasmem. Eu sinto que terei muitas novidades importantes para contar aqui, ainda este ano, assim espero. No fim do ano, talvez eu faça uma postagem especial sobre meus looks de formatura, pois é, já vou me formar, looks das fotos da turma, aula da saudade, etc.

Mas, por ora, o que eu tenho de extraordinário para mostrar é a lista de séries antigas que marcaram minha infância e creio que a de vocês também.

Bora lá.



1. Adoráveis Selvagens (Record) ou Que Dureza (Band)

Não sei se vocês tiveram o prazer de acompanhar essa série incrível em que o elenco era formado por uma família inteira de homens/garotos. Sim, a família era composta pelo pai, Nick Savage, e outros 5 (cinco) filhos, todos homens. 

Os garotos eram: 
I) Jack (Shaun Sipos), que era o metido a galã; 
II) Chris (Erik von Detten), que foi meu galã dos anos 2000 favorito, já que tinha todas as qualidades que uma adolescente desejava: simpático, descolado hahaha e lindo - além disso na série atuou como um personagem parecido com seus papéis da época, ou seja, agia como um típico galã adolescente dos anos 2000;
III) Sam (Andrew Eiden), que era o nerd da família, medroso e tímido, mas sempre hilário;
IV) Kyle (Evan Ellingson), que era o maldoso, o mandão, o que sempre colocava os outros irmãos em uma "fria";
V) TJ (Jason Dolley), que era o filho meigo, tão divertido quanto os demais.

Fato inusitado é o nome da série que aqui no Brasil chegou a receber estes dois títulos que eu citei logo acima. Além disso, apesar ótima, engraçada e muito divertida, a série teve apenas 1 temporada :(

O pior de tudo é que não consigo localizar esta série em nenhum canal ou site da internet :(²


2. Normal Demais

Aposto que muitos não lembravam desta série e por mais triste que seja, creio que alguns sequer tiveram a oportunidade de assisti-la. Nesta série em que a protagonista era a nossa minha queridinha Emma Roberts, tudo era tempestade em um copo de água.

Sua personagem tentava se adaptar à sua fase do ginásio e para isto compunha músicas ao final do seu dia.

Se querem saber a verdade, eu não lembro de nada mais que isto, mas sei que gostava muito.



3. Um Maluco No Pedaço

Quem em sã consciência tem forças pra dizer que não amava esta série? Gostar era pouco, amor era o sentimento mais adequado a ser dito. 

Em meios às inúmeras falas divertidíssimas do grande Will Smith, tinha  brilhantes papéis como o do Geoffrey, que era o mordomo sarcástico e irônico; Hillary, que era a prima consumista e fútil; Tia Vivian que tinha as melhores expressões faciais; o Jazz, que era o amigo dj do Will que sempre tinha cantadas prontas hilárias; tinha o Tio Phill que sabia criar frases de impacto; a priminha Ashley que adorava imitar a malandragem do Will e como não lembrar do Carlton, com toda a sua elegância, nariz empinado por ser tão esnobe e a famosa dancinha épica.

Gente, é a série perfeita, pois além de ser divertida, abordava temas sérios da época, como o racismo contra negros de uma forma muito impactante, principalmente nos primeiros episódios.

Pra galera do Netflix vai uma dica: assistam esta série novamente, tem disponível.

Enfim, por ora listo estas 3 séries que já são boas demais. Enquanto você relembra estas séries, vou investigar em minha memória outras séries tão boas quanto e logo mais trago aqui de volta.

Voltem sempre aqui!


09 janeiro 2017

Retrospectiva atrasada e divertida de 2016


Olá! Copiei essa ideia de postagem do blog Degradê de Palavras, que é escrito por minha amiga de longa data Bárbara Paloma. É um breve resumo sobre meu ano de 2016, bora lá.
1)Quais foram os destinos viajados em 2016?
Brasília - Distrito Federal, Rifaina - SP hahaha e pasmem, acho que só.

2) O que vai deixar saudade no ano de 2016?
A paz, eu espero que seja maior ainda em 2017.

3) Quais são os aprendizados de 2016?
Que a fé deve ser meu norte. Nada pode me enfraquecer se eu me fortalecer em Jesus Cristo e minha família deve continuar sendo meu porto seguro.

4) Defina em uma palavra o ano de 2016.
Bonança.

5) Qual é o seu maior arrependimento em 2016?
Não me lembro de arrepender de nada.

6) Na sua opinião qual é o filme do ano?
Impossível eu citar apenas um, mas vamos lá: Deadpool, Capitão América Guerra Civil, Procurando Dory e Mogli, O Menino Lobo.

7) Qual é a sua música ou estilo musical mais ouvidos do ano?
Rock dos anos 80.

8) Experiências remuneradas em 2016.
Estágio novo :D

9) Autor do ano, para você, em 2016.
Alexandre Mazza - autor de livros de direito administrativo.

10) Qual é o melhor livro do ano?
Não li nenhum livro de literatura, pois não me lembro mesmo de nenhum.

11) Qual é o seu post mais popular desse ano?
12) Lugar mais marcante que foi esse ano?
Brasília DF.


13) 3 desejos para 2017.
Fortalecer minha fé em Jesus;
Alcançar meus objetivos;
Sentir uma plena paz no decorrer do ano.

14) Deixe uma mensagem para você ler no fim do ano de 2017.
Gratidão, sempre!


04 dezembro 2016

Trilhas sonoras incríveis



Olá novamente! Trago para hoje uma lista de trilhas sonoras incríveis que tornam os filmes melhores ainda.
Um bom cinéfilo não se apega apenas às imagens de um filme, mas sim a todo o conjunto da obra. Neste sentido, trilhas sonoras -soundtracks- são essenciais para determinar clímax, suspense, ápice de risadas, tristeza, enfim, as melodias em um filme tem a finalidade de proporcionar ao telespectador as mais intensas emoções.
O que seria das séries Star Wars, Indiana Jones e Jurassic Park sem a trilha sonora produzida por John Williams? Graças à Deus ele está em todos estes filmes com produções inesquecíveis.
Mas, o foco hoje são trilhas sonoras de filmes não tão épicos assim.


We Are Young - MIKA and RedOne

Kick Ass - Quebrando Tudo
O filme Kick Ass é um dos meus favoritos, sem dúvidas e bem, eu amo a trilha sonora desse filme! É brilhante! A música "tema" intitulada Kick Ass - We Are Young é cantada na voz do cantor Mika. A letra desta música é ótima, mas não apenas esta. Toda a trilha sonora do primeiro filme possui uma melodia extremamente hipnotizante. A música deste filme foi organizada por Henry Jackman, Ilan Eshkeri, John Murphy e Marius de Vries, que merecem todo o crédito.


Life Is A Highway - Rascal Flatts

Carros
Sinceramente a trilha sonora da animação Carros é ótima! A trilha sonora desta animação foi desenvolvida por Randy Newman, que sejamos sensatos, fez um brilhante trabalho. Além do filme conter uma história muito boa, possui uma das trilhas sonoras mais "ouvíveis" de todos os tempos. Hahaha Eu amo as vozes utilizadas pelos cantores, as letras, tudo! A música Life Is A Highway da banda Rascal Flatts é a melhor música pra uma viagem!

Come And Get Your Love - Redbone

Guardiões da Galáxia
Caramba! A trilha sonora de Guardiões da Galáxia é tão boa foda que utilizaram o termo Volume 2 para intitular o segundo filme da série. A famosa Mix 1 se tornou sensação entre os amantes de filmes de super herois e tornou-se referência para outros filmes. Um fã da Marvel é extremamente atento a trilhas sonoras e depois do lançamento deste filme a cobrança e atenção tornaram-se ainda maiores. O som deste filme foi desenvolvido por Tyler Bates.

 Drop That - Jacob Plant 

Cada Um Na Sua Casa
Mais uma animação pra listas, porque pessoas do bem, esta animação possui uma ótima e dançante trilha sonora. Sabe aquela play pra arrumar a casa? Pode ser esta aqui. Tem JLo, Rihanna, Charli XCX, Jacob Plant, dentre outros grandes cantores da música atual. Com toda certeza a trilha sonora deste filme não foi feita apenas para crianças. Organização musical por Lorne Balfe e Stargate.

 Coming Up Roses - Keira Knightley

Mesmo Se Nada Der Certo
Até que enfim tive a decência de criar uma postagem para indicar a trilha sonora deste ótimo, cult. e delicado filme. Muita doçura, realidade, simplicidade, harmonia e melodia na trilha sonora deste filme. Além do fato de ser um filme musical, contou com as vozes do Adam Levine todo mundo conhece e da Keira Knightley, que pasmem, tem uma voz muito cult. Com certeza essa trilha sonora me faz querer cantar eternamente. A trilha sonora deste filme foi delicadamente organizada por Gregg Alexander.


Bônus: Cenas épicas do Mercúrio de Evan Peters nos filmes da série X-Men
Não há dúvidas: as cenas interpretadas por Evan Peters como Mercúrio nos filmes da série X-Men são uma das melhores do mundo cinematográfico! Até agora, as músicas utilizadas para proporcionarem o clímax nas cenas dar o tchan foram muito bem escolhidas.



Sweet Dreams - Eurytmics
X-Men Apocalypse


 Time In A Bottle - Jim Croce 
X-Men Dias De Um Futuro Esquecido


Obs.: Não deixem de assistir nenhum dos filmes listados aqui.

27 novembro 2016

Os 10 melhores filmes da minha lista



Olá leitores. Preliminarmente preciso esclarecer um ponto:

a) Realizei uma modificação no blog. A partir de hoje as postagens serão assinadas por mim. Não sei se vocês passaram por isto, mas eu era viciada em internet na adolescência, em razão disto minha mãe me proibiu de ter redes sociais ou perfis online para minha segurança. Para não ficar sem esses acessos, todos os meus perfis eram feitos com o e-mail pessoal da minha mãe, porque ilogicamente, fosse assim ela permitia. Hahaha Enfim, a partir de hoje o blog é inteiramente meu, não fiz a modificação antes porque tinha muita preguiça.

Bem, começando a postagem realmente, listo abaixo o top 10 dos filmes que eu mais gosto. Listas são complicadas porque sempre mudam, mas, por ora, esses são meus favoritos.



O Jardim Secreto
Quem me acompanha já sabe que amo esse filme. Ele já apareceu em outras listas no blog, pois eu sempre lembro dele quando o assunto é filmes favoritos. A razão por eu amar esse filme se dá em razão do fato de eu ter lido o livro, que é de autoria de Frances Burnett. Tanto no livro, quanto nesse filme, os personagens são maravilhosos, fofos, inocentes, brilhantes! É uma história que me faz chorar muito e eu amo chorar assistindo filmes. Obs.: Vai ter nova versão do filme: espero não ser fatalmente decepcionada.




Sociedade dos Poetas Mortos
Filme sensacional! É um filme que assisti nos últimos dias e, após seu fim, agonizei de raiva pensando no porquê de eu nunca o ter assistido antes. Traz poema, poesia, histórias, amigos, união, talentos, uma infinidade de atores brilhantes... enfim, é uma obra linda e brilhante que instiga o ser humano a pensar e a ser melhor.




A Lista de Schindler
Nem só de histórias fictícias viverá o bom cinéfilo. A Lista de Schindler é um filme sensacional e forte, dirigido por Steven Spielberg. Trata-se da história real vivida por Oscar Schindler, industrial alemão, homem poderoso que durante a II Guerra Mundial salvou cerca de 1200 judeus. A história é maravilhosa, faz com que aquele que assista ao filme acredite na bondade de algumas pessoas. A história de Oscar Schindler é intensa e realmente muito bonita, razão pela qual amo tanto o filme. Por fim: "Quem salva uma vida, salva o mundo inteiro."



Prenda-me Se For Capaz
Impossível listar meus filmes favoritos e não citar uma atuação do Leonardo DiCaprio. Não é só pela beleza, Leonardo DiCaprio é um ator extraordinário, capaz e viver biografias excepcionais. Este é seu papel neste filme, viver o jovem monstro, foda, sensacional e brilhante Frank William Abgnale Jr que, após o divórcio dos seus pais, se tornou um dos maiores criminosos falsificadores de cheques do mundo. Não vou citar o fim da história porque é foda.



Orgulho e Preconceito
Bem, como não citar uma obra baseada na literatura de Jane Austen? Impossível! Orgulho e Preconceito baseia-se na obra literária desta escritora do século XVII. No filme há amor, preconceito, orgulho, tradicionalismo, história... Tem tudo.



Clube dos Cinco
Clássico. Não posso trabalhar tanto em uma lista e não citar um filme dos anos 80, meus favoritos. O filme conta a história de cinco adolescentes americanos que ficam de detenção em um sábado em uma daquelas escolas incríveis dos USA. Os cinco são totalmente diferentes, no quesito aparência e rótulos, mas no decorrer da história percebem que passam pelos mesmos dilemas existenciais, e em razão disto desenvolvem um vínculo de amizade intenso. Tem Molly Ringwald, tem Judd Nelson (<3), tem o popular, o nerd e a estranha: <3.



As Patricinhas de Beverly Hills
Clássico! Adoro esse filme. Eu amo a ansiedade, o descontrole, a intensidade e a toda a capacidade que a Cher tem de tornar tudo maior do que é. O filme dispensa maiores detalhes.



O Diabo Veste Prada
Um fato: é muito foda ver a Andrea chegando maravilhosa no trabalho deixando todo mundo de queixo caído. Dá vontade de fazer igual, claro. O elenco é ótimo, divertido, bonito, e a história é interessante. Trabalho, poder, amizade, vida pós profissionalização... tem uma história realmente boa por trás do filme. Vale sempre a pena assistir esse filme quantas vezes for.


Guardiões da Galáxia
Adoro super heróis. O engraçado é que o meu filme favorito de super heróis dos últimos tempos é esse. É engraçado, irônico, surreal, fofo, diferente. Um guaxinim inteligentíssimo e brincalhão, um humano metade alienígena, uma filha adotiva do Thanus que o trai, um humanoide árvore de milhares de anos que "morre" e depois nasce de novo, como uma semente, e um nervosinho que na "hora do bom" percebe que é um fraco... É demais!



Dez Coisas Que Eu Odeio Em Você
Gente, esse filme é um clássico e a história se parece muito com a vivida por mim e pela minha irmã. Eu sou a garota zangada que detesta ser igual a todo mundo, festas, eventos sociais e minha irmã a garota que só sai de casa se eu ter que ir junto, porque tenho que protegê-la. Eis o dilema: eu não saio de casa e ela fica p. da vida. Ademais, é um bom retrato da juventude de anos atrás.


Obs.: Não estão organizados por classificação e preferência.