Desenhos

Aberturas épicas de desenhos animados

04:12

Olá. Mais uma vez venho com um tema inapropriado pra minha idade, mas o que posso fazer se amo ser nerd? Enfim, alguns desenhos animados que fizeram parte da minha infância tinham aberturas, na minha opinião, tão épicas e sensacionais para um mero desenho.

Sem mais delongas, confira a lista abaixo e diga se concorda comigo:

1. Thundercats

Simplesmente não dá pra fazer uma postagem desse nível sem mencionar um dos desenhos mais sensacionais de todos os tempos: Thundercats! Quem não se lembra daquela abertura envolvente? Quem não se lembra de gritar "thundercats" igualzinho ao jovem lorde dos Thundercats? Se você não se lembra, juro que estou com muita muita mesmo pena de você. Eu sempre quis ser uma integrante dos Thundercats :'( (sonho não realizado).

Relembre:



2. Duck Dodgers

Putz, a abertura de Duck Dodgers era simplesmente épica! Tinha uma pitada de elegância e luxo que te envolvia completamente no desenho. Tão dramática e misteriosa. Vai dizer que não se lembra também? E o melhor é que tinha os velhos personagens da Warner que eu sempre amei muito!

Relembre:



3. Teen Titans

Sério, não há mais desenhos como antigamente. A DC brilhou muito com esse desenho e com essa abertura que eu considero uma das melhores de todos os tempos. Não apenas a melodia do desenho, mas também a própria arte da abertura. Era um dos meus desenhos de todos os dias. Já era uma nova fase dos desenhos animados e mesmo assim se manteve boa!

Relembre:



4. X-Men Evolution

Tá na hora de clássico, nego: essa abertura marcou demais demais demais a infância brasileira que ia pra escola lá pelas 12h30 de cada dia. Essa abertura hoje é inclusive copiada para fins de memes hahaha. O engraçado é que a abertura do desenho não tinha nada de muito criativo: apareciam os personagens e o narrador os identificava.

Há duas aberturas na verdade, aqui vou relembrar a segunda versão:


5. Liga da Justiça

Se eu não mencionar esta abertura provavelmente eu estaria louca. Putz, a DC Comics não estava de brincadeira quando idealizou esse desenho. Era, com certeza, um dos meus favoritos da infância. Essa abertura épica, monstruosa, elegante e foda então... Bons tempos!

Relembre todo o glamour dessa abertura. Os olhos chegam a escorrer suor.




Lembrou de mais alguma? Diga nos comentários :)

Devocional

Porque você não quer mais ir à igreja?

18:17


Olá! Resolvi tocar em um assunto desprezado nos tempos de hoje: igrejas. Tenho visto inúmeras pessoas desprezando Jesus Cristo porque afirmam que "as pessoas da igreja julgam demais" ou que "na igreja ninguém presta". Tudo isto é muito forte, certo? Mas é o que ouço diariamente.

Eu percebi que as pessoas têm encontrado inúmeras desculpas para não aceitarem e seguirem os princípios que Jesus Cristo um dia ensinou a todos os seres humanos. Convenhamos, muitos podem dizer que é muito mais divertido ir a uma festa com amigos do que ir a um culto e também é muito mais confortável dizer pra todos que "Deus sabe que eu amo Ele, não preciso de igreja" do que frequentar uma igreja.

Sou evangélica e nunca tratei sobre esse tema aqui, mas o mundo está perdido literalmente porque está abarrotado de pessoas perfeitas, não é mesmo? só que não

A igreja é necessária, frequentar os cultos e estar lá dedicando um tempo a Deus, pois você não vai ter a mesma disciplina pra fazer isso se não estiver lá e, além do mais, Jesus ensina que devemos ser mansos e buscarmos a comunhão o quanto possível.

No versículo 10, do capítulo 10, do livro de Romanos está escrito o seguinte:

"Porque com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação."

Ou seja, traduzindo, você pode ter a convicta certeza de que ama e aceita Jesus Cristo com todo seu coração e isto vai ser imprescindível para que a justiça sempre aconteça em sua vida, mas é necessário falar sobre Jesus e sobre o sacrifício de morte na cruz para que aqueles que precisam de Jesus (ainda que pensem que não, seja qual for o motivo) possam ouvir a verdade e, assim, encontrem o refúgio que tristemente procuram em outros objetos e momentos da vida.

Enfim, por mais que você pensa que a igreja é inútil, frequente-a, pois você se aperfeiçoará na fé em Jesus e assim as pessoas vão conhecê-lo através de você.

Transforme vidas, pois a humanidade precisa de Jesus!

P.S.: Vou postar devocionais sempre que possível.

Dica

Meu novo vício: BTS

13:46

Olá! Tenho um novo vício (apesar de nenhum vício ser bom), enfim: BTS! Eu estou completamente viciada nas músicas (e nos garotos) da banda BangTan Boys!

Quem é Kpopper há anos já conhece esses meninos. Por acaso minha irmã comentou sobre eles e após eu ouvir todas as músicas possíveis, não consigo parar mais porque o som deles é bastante convidativo definitivamente te prende!

Mas enfim, BTS é uma banda sul coreana formada com 7 garotos: Jungkook, Rap Monster, V, Jimin, Suga, Jin e J-Hope (em ordem de qual eu amo mais). Todos eles possuem habilidades artísticas impressionantes, já que cantam, dançam, escrevem e produzem muito bem.

Na foto acima, da esquerda para a direita: V, Suga, Jin, Jungkook, Rap Monster, Jimin e J-Hope.

Quem assistiu o AMA (American Musics Awards) desse ano pode vê-los apresentar a música DNA ao vivo. Eles já são bastante famosos, mas a cada dia que passa se tornam ainda mais conhecidos em todos os cantos do mundo. Eles já se apresentaram no Brasil e inclusive preveem novas apresentações no ano que vem!

Porque viciar em BTS? Bem, os empresários da banda souberam selecionar bem os 7 coreanos mais lindos do mundo com vozes incríveis (realmente os mais lindos, não é possível), capazes de escreverem letras impecáveis e sensacionais, de produzirem e dançarem coreografias extraordinárias e para fechar com chave de ouro, produzirem melodias muito muito mesmo dançantes.


Enfim, reuni algumas das minhas músicas favoritas da banda para você os conhecer, caso ainda sejam completos desconhecidos em sua realidade. Clique aqui para ouvir a playlist.

Ps.: Os clipes da banda são extremamente criativos.

Dica

Conheça: "Anne With An E"

12:10


Olá! Estou tão demasiadamente encantada com a série "Anne With An E" da Netflix que tive que escrever sobre ela desde já. Assisti todos os 7 episódios da 1ª temporada em uma noite! Sim, quando eu gosto de algo eu me esqueço que o tempo existe.

A série conta a história de Anne Shirley, uma criança ruiva e sardenta que, por ser orfã, já sofreu e viveu momentos perturbadores. Anne é uma criança que valoriza a imaginação, é determinada, de personalidade forte e bastante sensível.



Confesso que nos primeiros episódios chorei tanto que minha cabeça e garganta doeram! Eu chorei porque amo chorar com filmes, séries, músicas, livros e etc. Enfim, chorei porque a história é emocionante, é brilhante, intensa e enquadra-se perfeitamente nos meus padrões de admiração.

Não vou contar maiores informações sobre o enredo da série porque como eu odeio spoilers, odeio, vou deixar vocês descobrirem o conteúdo da série.

Pesquisando sobre a história, descobri que a série se baseia no livro Anne de Green Gables, de 1908, escrito por Lucy Maud Montgomery, forte candidata a ser uma das minhas mais novas escritoras favoritas. hahahaha



Bem, a boa notícia é que a 2ª temporada já foi confirmada para o ano de 2018! Mal posso esperar para rever todos os personagens adoráveis da série.

Obs: A fotografia da série é impressionante! Linda, maravilhosa.

Obs2: Olhem essas duas frases impecáveis que retirei do último episódio:

"As obrigações podem ser uma prisão."


"Emoções raramente são convenientes e muitas vezes intoleráveis."


Prazer, Talita sem "h".

Dica

Séries que me conquistaram

14:30

Olá! Está na hora de falar novamente sobre séries, já que há tempos não dou dica alguma do tema.

Pois bem, nos últimos meses duas séries me conquistaram e prenderam a atenção: Atypical e Freaks and Geeks

Como é cada uma? Vejamos:


Atypical

Porque esta série me prendeu a atenção? Bem, Atypical é uma série produzida pela Netflix que retrata o dia-a-dia e rotinas de Sam, um garoto autista que após uma vida inteira de tratamento psicológico decide tomar atitudes incomuns, como ter uma namorada. Todavia, a série não se limita às dificuldades e pensamentos (pensamentos incríveis que eu me apaixono e identifico) de Sam, vai além e mostra como a condição de Sam afeta as pessoas que convivem com ele, como sua família e poucos amigos.

Por tudo isto a série me encanta: porque é sincera, intensa e profunda. É extremamente interessante constatar os pensamentos de um autista e de como conhecer alguém assim pode te afetar.

Na verdade, muito me fascina a inteligência de Sam e o brilhantismo de sua sinceridade.

Por estas e outras razões mal posso esperar pela 2ª temporada que, pelo que sei, não tem data de estreia.


Freaks and Geeks

O que dizer desta série? PRIMEIRAMENTE deixo o aviso de que a série só possui 1 temporada com 18 episódios porque ela foi CANCELADA, sim, a série foi inusitadamente cancelada e eu não consigo acreditar até agora.

Me identifiquei com esta série porque gosto muito muito mesmo de personalidades difíceis e das mentes jovens, que sempre tem o insano desejo de mudar o mundo ou de, simplesmente, ser feliz do seu próprio jeito.

A série se passa em torno da vida de Lindsay e Sam Weir: ela é uma aluna inteligentíssima que "surta" e deseja se tornar descolada (freak) e ele é um nerd, também bastante inteligente, mas que convive com os outros nerds da escola (geek).

A série é épica na minha humilde opinião e gosto dela porque retrata, além disso, essa juventude toda no início dos anos 80 (época que eu amo). Ainda, tem o James Franco (sempre lindo).

Fim.

Obs.: O Sam de Freaks and Geeks cresceu e tá lindo!

Postagens recentes